Calcule o seu IMC

O Índice de Massa Corporal (IMC) ou Índice de Quetelet é o processo mais utilizado para avaliar o excesso de peso/obesidade

O IMC calcula-se a partir da seguinte fórmula:

IMC = peso (Kg) / (altura 2) (m)

82

Considera-se excesso de peso o aumento do peso corporal do indivíduo acima do seu peso normal em 10-20%, que corresponde a um IMC entre 25-30 Kg/m2 (ver tabela I).

Considera-se obesidade o aumento do peso corporal do indivíduo superior a 20% do seu peso normal, que equivale a um IMC = 30 Kg/m2.

A origem de ambas as situações é comum e pode ser devida a diferentes causas:

  • Peculiaridades genéticas e metabólicas do indivíduo;
  • Desequilíbrio do balanço energético;
  • Composição inadequada da dieta;
  • Distribuição inadequada da ingestão energética ao longo do dia;
  • Outros factores (clima, stress, gravidez, comer depressa, etc...).

A classificação do estado ponderal do adulto, segundo o IMC e o risco de comorbilidades, compreende as seguintes classes: classificação do estado ponderal do adulto, segundo o IMC e o risco de comorbilidades, compreende as seguintes classes:

IMC

Classificação

Risco de Comorbilidade

<18,5

Baixo peso

Baixo

18,5-24,9

Peso normal

 

25-29,9

Excesso de peso

Aumentado

30-34,9

Obesidade de Classe 1

Moderado

35-39,9

Obesidade de Classe 2

Grave

>= 40

Obesidade de Classe 3

Muito Grave

Classificação de acordo com o IMC (segundo a OMS)

 

83

 

.